Cordas orquestrais mais realistas na DAW

Usando plugins orquestrais e conhecendo bem suas características, podemos deixar os instrumentos bem convincentes num programa de produção musical

Como fazer uma orquestração para violino, viola, violoncelo e contrabaixo soar mais convincente usando apenas o computador? Hoje mostro como fiz o mockup orquestral da composição orquestrada no vídeo anterior.

Caso não tenha assistido o vídeo sobre Como compor para cordas orquestrais, recomendo começar por ele.

Dicas ou sugestões de tema para o canal? Deixe nos comentários!

MIDI não é som!

De programas de produção musical até sistemas de iluminação, entenda o que é MIDI e por quê ele é uma ferramenta extremamente útil para todo profissional da música

“Ah, essa música tem mó sonzinho MIDI”…

Você já disse isso? Eu já, me referindo ao som que saía das caixas do meu computador quando ouvia músicas de jogos antigos (principalmente do Super Nintendo e do Playstation 1) ou quando abria o Guitar Pro, fosse pra tentar tirar alguma música ou pra compor as minhas primeiras.

Mas o fato é que MIDI não é som. E nem por isso deixa de ser uma das coisas mais importantes que você, como compositor(a), deve conhecer muito bem. Continue Lendo “MIDI não é som!”

Como compor para cordas orquestrais?

Acompanhe o processo de orquestrar um tema para cordas a partir de uma melodia simples ao piano

Como fazer uma orquestração para violino, viola, violoncelo e contrabaixo a partir de uma composição simples ao piano? No vídeo de hoje, mostro como orquestrei uma parte da Abertura do meu próximo trabalho autoral.

Caso não tenha assistido o vídeo de Introdução à Orquestra, recomendo começar por ele! E o post Como ler partitura? vai te ajudar caso você se assuste com todas essas linhas e bolinhas 😉

Se quiser conhecer meus trabalhos autorais anteriores, dá uma olhadinha lá no YouTube.

Dúvidas? Sugestões de temas? Deixe nos comentários!

 

Como ler partitura?

Aprenda o básico para não começar a chorar quando olha praquele monte de linhas e símbolos e bolinhas!

Muita coisa que eu posto aqui no blog (e alguns dos vídeos que vêm pela frente) exigem que você entenda como ler partitura. Então, nada mais lógico do que explicar como a partitura funciona, pra você poder aproveitar esse conteúdo melhor.

Vamos ter uma visão geral aqui, que já vai ser o suficiente para você encontrar as notas na partitura. Este post e o e-book gratuito Essencial de Teoria Musical para Compositores se complementam muito bem! Continue Lendo “Como ler partitura?”

Propriedades do som

Altura, duração, intensidade e timbre: o que as quatro propriedades básicas do som podem oferecer às nossas composições?

Neste último dia de inscrições para o curso Teoria Musical para Compositores, confira a primeira aula do primeiro módulo do curso!

Trata-se de um assunto muito simples, e às vezes até meio óbvio (de fato, o primeiro assunto do qual costumamos falar no ensino de teoria), mas muito importante! Explorar a fundo as quatro propriedades básicas do som pode ser muito estimulante para a criatividade – tanto na criação de música quanto de efeitos sonoros.

Se você estiver considerando fazer o curso, é melhor correr: as inscrições vão até as 23:59 de hoje, 23/01. Não há previsão para a abertura de uma segunda turma! Mais detalhes aqui.

Dúvidas? Sugestões de temas para o canal? Deixe nos comentários!

Compondo música para Games, pt.2: Camadas Verticais e Ressequenciamento Horizontal (part. Thiago Adamo)

Neste segundo vídeo da minissérie sobre Música para Games, veja técnicas específicas de composição, middlewares e onde conseguir mais informação.

Como fazer a música de um game acompanhar diretamente a interatividade que ele propõe? Neste segundo vídeo da minissérie sobre Música para Games, abordo duas técnicas específicas de composição para esse universo, além de falar sobre middlewares (como FMOD, Wwise e Elias) e lugares para você aprender mais sobre o assunto. Continue Lendo “Compondo música para Games, pt.2: Camadas Verticais e Ressequenciamento Horizontal (part. Thiago Adamo)”