Como ser um compositor / sound designer para games? Um guia para iniciantes (parte 3)

Onde conseguir o primeiro projeto de áudio para games? Devo trabalhar de graça para ganhar experiência/portfólio? Qual a diferença entre música para gamas, para filmes, e música “para ouvir”?

Na terceira e última parte do nosso guia de áudio para games para iniciantes, vamos falar sobre como conseguir seu primeiro projeto e se você deve trabalhar só pela experiência, além de algumas coisas você pesquisar depois que acabar aqui.

Se você não leu as partes 1 e 2, sugiro começar do começo!

Continue Lendo “Como ser um compositor / sound designer para games? Um guia para iniciantes (parte 3)”

Texturas psicodélicas e paisagens sonoras com o Felicity

Formas de onda acústicas e sintéticas, pads crepitantes, e leads analógicos

Atenção: é necessário ter o Kontakt (versão 6.2.1 ou mais recente completa, não a gratuita) para rodar este plugin!

Se você se vê usando ambiências, paisagens sonoras e texturas com frequência, ou quer começar a explorar esse universo, o Felicity da Rigid Audio é uma ferramenta muito interessante – especialmente pelo preço extremamente convidativo de US$ 4 até o dia 28 de maio! Continue Lendo “Texturas psicodélicas e paisagens sonoras com o Felicity”

Como ser um compositor / sound designer para games? Um guia para iniciantes (parte 2)

Fazer ou não fazer efeitos sonoros? E quem são indie devs?

Seguindo para a parte 2 do nosso guia de áudio para games para iniciantes, o post de hoje fala sobre fazer ou não efeitos sonoros, e o que são desenvolvedores indie.

Se você não leu a parte 1, sugiro começar por ela! Semana que vem postarei o último texto da série.

Continue Lendo “Como ser um compositor / sound designer para games? Um guia para iniciantes (parte 2)”

Crie arranjos eletrônicos malucos com rapidez com o Egoist

Corte, inverta, engorde e transforme samples em um novo groove

A Sugar Bytes é, para mim, uma das empresas que faz os instrumentos e efeitos mais malucos e “fora da caixa” atualmente. E com o Egoist, não é diferente.

O Egoist é um pouco difícil de explicar. Ele é apresentado como uma “unidade de jam”, perfeito para rascunhar uma nova faixa em minutos. Ele combina um Slicer (para pegar trechos de samples e manipulá-los) com baixo e beat, além de trazer um sequenciador com 7 efeitos que dão aquela característica específica de instrumentos da Sugar Bytes. É mais fácil entender vendo ele em ação: Continue Lendo “Crie arranjos eletrônicos malucos com rapidez com o Egoist”

Como ser um compositor / sound designer para games? Um guia para iniciantes (parte 1)

O que é necessário para começar a trabalhar na indústria de jogos?

Desde que eu comecei a trabalhar com áudio para games em 2014, e até antes mesmo de ter experiência de fato com isso, vários músicos vinham me perguntar “Como eu viro um compositor de games?”, “Como eu entro nessa indústria?”, “Como você começou a fazer isso?”, e assim por diante.

Minha história é muito parecida com a dessas pessoas: nós jogamos desde criança, já compomos música há algum tempo, e queremos fazer outras pessoas se sentirem bem que nem nossos compositores de games favoritos nos fazem sentir. É curioso como pouca gente que veio me perguntar sobre a indústria de games tendo em mente “ficar rico” acabou desistindo dessa área e foi trabalhar com outras coisas…

Então a ideia deste post é explicar como entrar nessa comunidade incrível, a partir da minha própria experiência. Ainda que muitos dos meus colegas de profissão tenham tido origens parecidas, tenha em mente que a sua história pode ser diferente!
Continue Lendo “Como ser um compositor / sound designer para games? Um guia para iniciantes (parte 1)”