DAWs gratuitas e pagas para produzir música em casa

Que programas usar para criar música com qualidade no computador? Veja algumas opções de DAWs pagas e gratuitas.

(EDIT: lista atualizada em Janeiro de 2020 com algumas alterações, tanto em DAWs pagas quanto nas gratuitas.)

Você resolveu usar o computador para gravar suas composições com maior qualidade e flexibilidade. Legal! Mas que programas usar para isso? A partir deste post, vamos comçar a ver o panorama geral e algumas possibilidades, tanto gratuitas como pagas, para você mostrar suas ideias para o mundo da melhor forma possível.

O primeiro software que você vai precisar é uma DAW, abreviação de Digital Audio Workstation (ou Estação de Trabalho para Áudio Digital). Basicamente, uma DAW permite que você grave vários instrumentos de forma independente (o que chamamos de gravação multipista) e consiga fazê-los soar da melhor forma possível juntos através da mixagem e da masterização.

Existem algumas DAWs gratuitas bastante poderosas. Dependendo do seu sistema operacional (Windows, Mac ou Linux), recomendo uma das três a seguir se você estiver começando:

cakewalk-surface-8ba0b8486aCakewalk by BandLab: um dos primeiros softwares de produção musical para computadores, a Cakewalk passou por muitas iterações ao longo de 30 anos, sendo também conhecida como Sonar por muito tempo. Atualmente é uma DAW gratuita mantida pela BandLab, e provavelmente a opção gratuita mais poderosa no mercado para Windows.

garagebandGarageBand: a DAW mais básica – mas ainda muito poderosa – da Apple funciona em qualquer dispositivo Mac ou iOS. Para quem usa os produtos da empresa, essa é a melhor escolha, já que suas ferramentas são suficientes para produzir música com nível profissional (ainda que sem a flexibilidade e as funções avançadas do Logic Pro, seu irmão mais velho).

qtractor-screenshot16Ardour e Qtractor: Principais DAWs do mundo Linux. O Ardour é mais focado em funções de gravação de áudio, enquanto o Qtractor tem ferramentas mais legais para produção musical com MIDI. Sua escolha vai depender principalmente do seu foco – ou você pode testar as duas e ver com qual você se adapta melhor!

Para quem está pronto para investir numa DAW mais poderosa, estas são algumas das mais usadas:

reaperREAPER: sem dúvida a DAW paga de melhor custo-benefício, a licença do Reaper completo para usuários individuais sai por 60 dólares (contra pelo menos USD 99 nas versões mais simples das demais). Mesmo sendo mais barato, o Reaper é extremamente leve e estável, perdendo para os demais apenas no pacote de sons que acompanham o produto. Se você, como eu, não gostar do visual da interface, existem muitos temas criados pela comunidade que podem ser mais do seu gosto. O trial vem com todas as funções liberadas por 60 dias. É provavelmente uma das melhores DAWs para quem trabalha com efeitos sonoros e músicas para games devido às suas facilidades para exportar muitos arquivos simultaneamente.

cubaseCubase: a DAW da Steinberg (criadora do formato de plugins VST) é muito poderosa e vem ganhando cada vez mais espaço entre compositores de trilhas sonoras para filmes (Junkie XL, por exemplo, usa Cubase em todos os projetos que mostra em seu canal no YouTube). Tem a vantagem de ser vendida em loja no Brasil, com preços em reais.

abletonAbleton Live: o software de produção da Ableton tem um foco especial e único em performances de música eletrônica ao vivo, o que o torna a escolha de boa parte dos compositores e produtores deste estilo. Suas duas interfaces desafiam os padrões sobre os quais as demais se estabelecem.

protoolsProTools: DAW padrão do mercado, o ProTools (da Avid) está em quase todos os estúdios de gravação. Como não possui suporte nativo a plugins VST e levou muito tempo para lidar bem com MIDI, acabou perdendo espaço no universo dos compositores. Mas continua sendo a opção número 1 para gravação e mixagem. Atualmente é comercializado num modelo de assinatura ao invés de uma única compra.

Studio_One_4_-_Artist_-_Screen_01_bigStudio One: DAW da Presonus relativamente nova que vem se estabelecendo no mercado. Tem algumas funções únicas que facilitam o trabalho de arranjadores e cancionistas. Tem uma das interfaces mais limpas do mercado, na minha opinião.

logic xLogic Pro: é como uma versão mais completa do GarageBand. Com um custo mais baixo que boa parte das DAWs, um pacote generoso de sons de fábrica, uma interface agradável e excelente workflow, costuma ser a escolha dos compositores que utilizam Mac.

flstudioFL Studio: tem uma interface bem amigável e convida à experimentação. É a primeira DAW de muita gente e é extremamente eficiente para música eletrônica. Seu pacote de sons e plugins de fábrica é excelente.

Praticamente todas essas DAWs pagas têm alguma versão gratuita (ProTools First, Studio One Prime, Ableton Live Lite…) ou alguma versão de testes para você poder experimentar e descobrir qual tem mais a ver com você. Algumas delas (como o FL Studio) também têm mais de um tipo de pacote, de modo que você pode gastar menos a princípio e fazer upgrades conforme sentir necessidade.

Dependendo dos seus objetivos, sintetizadores e samplers podem também ser muito úteis, assim como alguns efeitos – tudo isso vem na forma de plugins. Boa parte das DAWs vem com muitos deles, mas existe um mar de opções para comprar ou baixar gratuitamente à parte.

Quer ver algum assunto específico aqui no blog? Sugira nos comentários!

Autor: Thiago Schiefer

Thiago Schiefer é um compositor brasileiro radicado em Toronto, Canadá. Focado principalmente em música e efeitos sonoros para games nos últimos anos, já foi compositor e sound designer na Tapps Games, a maior empresa brasileira de jogos para smartphones. Criou também todos os sons para jogos como Eliosi's Hunt e Drop Dead Twice e musicou o curta-metragem A Visita, de Leonardo Pimenta. Em sua carreira solo, lançou dois álbuns: Prototype: Freedom (2013) e Living Room Sessions (2015).

2 comentários em “DAWs gratuitas e pagas para produzir música em casa”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s